APOIOS

fotolisboa

fotolisboa

fotolisboa

fotolisboa

fotolisboa CARTAZ FLYER

Nas cidades atuais, a atividade da construção traduz-se, cada vez mais, no paradigma do Conservar, como forma de preservar a história, as memórias, a “personalidade” própria e valiosa do tecido urbano; e do Reabilitar, como motor da transformação urbana e instrumento de adaptação a novos usos, funções e exigências. No LNEC, este paradigma tem sido assimilado há décadas e promovido através de inúmeras iniciativas, de que se destaca a série de Encontros sobre Conservação e Reabilitação de Edifícios –  ENCORE – iniciada nos anos 80 do século passado (nomeadamente, em 1985, 1994 e 2003). Após um interregno em que foram sempre organizados eventos científicos nesta área, mas com temáticas de menor espetro, o LNEC prepara a realização, em maio de 2020, do ENCORE 2020 – 4º Encontro de Conservação e Reabilitação de Edifícios. Com a valorização explosiva dos Centros Históricos, as problemáticas da Conservação e da Reabilitação são particularmente sensíveis e, de repente, aspira-se em simultâneo a realidades construtivas quase paradoxais, envolvendo: desenvolvimento e história; modernidade e cultura; cosmopolitismo e tranquilidade; conforto e tradição. Emerge como fundamental alocar os recursos da ciência e da técnica em prol da Conservação e da Reabilitação: conhecer os métodos construtivos e os materiais tradicionais, para poder intervir sobre o existente sem o descaracterizar, mas conhecer também as novas soluções para a sua consolidação e adaptação, e usar os instrumentos que as novas tecnologias disponibilizam ao setor.

Conservar e Reabilitar monumentos, edifícios e espaços são oportunidades únicas para fomentar a sustentabilidade das cidades. Lisboa será, em 2020, a Capital Verde Europeia, constituindo-se o ENCORE 2020 numa ocasião ímpar para relevar os desafios ambientais da transformação das cidades: poupar recursos, reutilizar materiais, melhorar a eficiência energética, repensar as centralidades urbanas, promover a resiliência. Porque a cidade resiliente deve ser a cidade das pessoas, os monumentos, edifícios e espaço urbano, têm que servir aos seus habitantes e ser atrativas para os seus visitantes. Mais do que relatar problemas, visa-se encontrar e debater caminhos e soluções para questões como:
O que se deve preservar?
Como atualizar sem destruir?
É viável conservar e reabilitar?

Os temas propostos para o ENCORE 2020 pretendem colocar em discussão a multiplicidade de aspetos que se entrecruzam no âmbito da intervenção no património construído, procurando, de forma multidisciplinar e sinergética, caminhos para melhor Conservar e Reabilitar. Convida-se, assim, a participação de todos os interessados, através da apresentação de comunicações e posters, bem como através da discussão dos trabalhos expostos.


Logotipo e-rhis


Logotipo db-heritage


Logotipo percent


Logotipo Adapt-c


Logotipo gelclad


Logotipo ariadne